Em destaque

Capa de Benção ou Capa de Maldição

Esse texto fala de tempos difíceis da igreja, nossos irmãos sendo presos e executados. Pedro passava por essa provação, preso por anunciar o evangelho de Jesus e, alguns versículos antes, lemos: “…contínua oração por ele a Deus.”(vers.:5), mas a igreja estava em oração por Pedro. Então, lá na prisão, chega um anjo e o chama para segui-lo. Entre as orientações que o anjo lhe dá, vamos observar em especial essa, colocar a capa.

Essa

Essa passagem bíblica nos fala de Bartimeu, um homem cego , que mendigava em Jericó. A sua deficiência o tornou mendigo , vivia humilhado, dependendo das esmolas de pessoas caridosas, o que não resolvia os seus problemas, apenas amenizava.

Um pouco antes, no versículo 47 diz: “E, ouvindo que era Jesus de Nazaré…”, temos a compreensão do que mudou a vida dele,ele sabia quem era Jesus –Filho de Davi!

Ele cria que ele era o Messias prometido, certamente, esperava por essa oportunidade e dia-após-dia, sentava-se junto ao caminho, aguardando.

E, quando, Jesus passou, recebeu a sua vitória.

Lançando de si a sua capa, correu para Jesus!

Dois Homens, duas trajetórias totalmente diferentes, porém com algo em comum: capas.

Vamos trazer para a visão espiritual:

-Pedro cometeu os seus erros, era humano,porém arrependeu-se e cumpriu o seu chamado, foi pescar homens. Viveu para Jesus, sofreu por Jesus, morreu por Jesus. Adquiriu uma capa de honra, trabalhada com fios de fé e renúncia, salpicada do sangue de Jesus Cristo.

-Bartimeu tinha uma capa de enfermidade, dependência, vergonha. Mas, ao encontrar com Jesus não hesitou em lança-la de si e seguir a Jesus.

Qual é a capa que nos veste?

São tempos de luta?

Cinge a tua capa!!

Capa de fé, temor e honra ao nome de Jesus. Capa de oração, de jejum. Capa de evangelização.

Qualquer outra capa , lança fora!

Capa de fardo de pecado, de incredulidade. Capa de perdição eterna.

Lança de si e corre para Jesus!

É tempo de trocar capa de maldição por capa de benção!

Beijo da Ede

Em destaque

Meu primeiro post no blog

Anjos na terra

Para cuidar do brilho das estrelas,

Para traçar o caminho da esperança,

Para preparar os caminhos,

Para tirar os espinhos,

Para cultivar o amor.

E, para onde brilham as estrelas,

Onde ha esperança e os espinhos são superados pelo amor,

Nossos passos são atraídos para a mesma direção.

E, assim nos buscamos…

E, assim nos achamos…

Anjos na terra,

Você e Eu…

Seja você mesmo; todos os outros já existem.

— Oscar Wilde.

Este é meu primeiro post no meu novo blog. Este é só o começo do blog, então fique de olho. Assine abaixo para receber notificações das minhas postagens novas.

No deserto Deus instrui a Moisés sobre o voto de Nazireado.
Era um voto voluntário de santificação ao senhor.
O tempo passa e Israel se encontra agora subordinado aos Filisteus, Deus em sua misericórdia, visita um casal, da a eles um filho e coloca sobre ele o Nazireado, fazendo dele  homem santificado, separado para Deus, tipificando a Cristo.
Sansão em Deus, venceria inimigos Filisteus, livrando a Israel, naquele momento.
Cristo, consumaria na cruz, a vitória sobre todo o reino das trevas, garantindo não só sobre Israel, mas também a todos os que nele crê, o direito de ser filhos se Deus e vitoriosos contra todos os inimigos.
Sansão tinha um segredo, um pacto de Deus com ele.

E a manifestação do Espírito Santo nele era em força contra os inimigos.
No momento que o seu segredo foi descoberto e o pacto quebrado, o Espírito Santo se retirou dele e ele se tornou um homem comum e foi vencido e conduzido a escravidão.
Cristo nos alcança, nos salva, liberta, nos trás para o seu reino e nos sela com o Espírito Santo.
Daí para frente, temos grandes desafios todo dia.
Precisamos cuidar da nossa vida espiritual, tirando tempo para a oração, para o jejum, para a leitura da bíblia.
Temos que vigiar o tempo todo, no que falamos, fazemos e pensamos e temos que lutar continuamente contra um poderoso inimigo, a nossa carne.

As tentações externas são fortes, mas, lutar contra a nossa vontade, só com o Espírito Santo.
Precisamos ter o cuidado de preservar o Espírito Santo em nós.
Como?
Obedecendo a vontade de Deus, custe o que custar.
A presença dele é tão sutil em nossas vidas, que ele pode ter saído e a gente nem perceber.
Não foi assim com Sansão?
Levantou-se para lutar, sem perceber que já não tinha seus cabelos.
Seu segredo caiu nas mãos do inimigo e ele já estava vencido.
Guarde o seu segredo, sua força é o Espírito Santo em você!
E ele somente habita num templo santo!!!
O segredo do crente é a santificação.
Diária, continua, permanente.

E, quando for surpreendido pelo inimigo, vencerá, porque está cheio do Espírito Santo.

Hoje vamos refletir sobre arrependimento.

Quando temos um encontro com Cristo, o Espírito Santo promove em nós profunda compreensão do nosso estado espiritual.

Todos os que já passaram por essa experiência, certamente compreende claramente o que falo.

É aquele momento em que tudo aquilo que parecia “normal” salta aos olhos, o quanto é errado e nos sentimos muito envergonhados diante de Deus.

Daí, movidos pelo Espírito, confessamos os nossos pecados.

E então precisamos ter muito cuidado, para que nossa vida, não caia simplesmente na rotina e aos poucos vamos voltando as práticas de pecado.

O verdadeiro arrependimento produz mudança diária e constante.

É preciso perseverar na luta contra o pecado, todos os dias, enquanto vivermos.

O Senhor Jesus te chamou do pecado para o arrependimento.

A vida eterna com Deus, será alcançada por quem perseverar até o fim.

Guarde firme o propósito para o qual você foi chamado, nova vida em Cristo Jesus.

Deus te abençoe 🙏

Cheio do Espírito Santo…

Vamos iniciar nossa reflexão hoje, com a frase acima.

Vemos o senhor Jesus, sendo batizado e conduzido ao deserto, porém, ele não foi para lá despreparado, não, antes, encheu- se do Espírito Santo.

E, como podemos ver na bíblia sagrada, Jesus venceu as tentações no deserto. Glórias a Deus!

Temos aqui uma grande lição!

Deus pode não nos livrar do deserto, mas nos prepara para o deserto.

Se nós observarmos, sempre antes de grandes tribulações, Deus nos faz um chamado especial, para nos encher com o Espírito Santo.

Precisamos estar sensíveis a esse chamado.

Senão, vamos ser pegos desprevinidos e aí a situação fica séria.

Precisamos ter depósito com o Senhor, para os dias difíceis.

E eles chegam….

Mas, em Cristo, somos mais que vencedores.

Amigos e irmãos em Cristo, a ordem do céu é: ” Vamos nos encher do Espírito Santo.”

Fiquem na paz de Cristo!

Essa é uma passagem bíblica muito conhecida, o momento em que o Anjo do Senhor, impede o sacrifício de Isaque.

Mas, quero refletir, com você, sobre a frase:”Agora sei que teme a Deus…”

Todo o processo que Abraão passou do momento em que Deus lhe pede seu filho, em holocausto, até o momento em que Deus interrompe, certamente foi de angústia e aflição,pois o menino era a alegria da sua alma e a “vida” de sua esposa Sara.

Tanto que, em nenhum momento, ele relata a Sara sobre a situação, pois ela certamente o teria impedido.

Da mesma forma, nós estamos enfrentando nossos processos.

Será que estamos dispostos a abrir mão daquilo que nos é caro? Tememos a Deus da mesma forma que Abraão?

Estamos sendo testados.

E, nossas atitudes diante das adversidades, nos aprovarão ou reprovarão, diante de Deus.

Qual a escolha certa?

Aquela que está em conformidade com a bíblia.

Que Deus te abençoe 🙏🙏

É tão bom ter essa confiança!

Davi tinha essa convicção, ele não tinha dúvidas do cuidado de Deus e foi um apaixonado por Deus.

Às vezes, as coisas ficam tão complicadas que a gente pensa:” Será que Deus está mesmo comigo?”

Pois é… Ele está!

Deus está nas circunstâncias mais improváveis.

E, aos poucos o emaranhado vai se desfazendo e quando percebemos, tudo já passou.

O momento mais difícil é durante as provações, mas, quando percebemos o cuidado de Deus, as lutas se tornam menos difíceis.

Independente do momento que você esteja vivendo, Deus cuida de você.

Deus cuida de mim!

Deus cuida de nós!

Creia nisso!!!

Jesus

Desde pequenina ouço falar de ti
Cantei pra ti
Orei a ti
Te amei
Te rejeitei…

Porém, nas minhas dores

Te busquei

E descobri

Que és…

Quem tira o mal que há em mim
Quem enxuga minhas lágrimas
E trás o meu sorriso de volta
Meu refúgio nas noites mal-dormidas
Minha esperança a cada amanhecer

Faz nascer o sonho em mim
E realiza
Meus sonhos mais improváveis

És

A oração em meus lábios…

Meu amigo…

Meu ajudador…

Meu Deus…

Meu verdadeiro amor!!!

O senhor Jesus, em sua natureza humana-divina, apresentava qualidades espetaculares.

Sua generosidade e compaixão, está presente em todo o seu ministério missionário.

Os milagres da multiplicação dos pães, são exemplos disso, uma vez que, não quis despedir a multidão, sem que antes se alimentassem.

Porém, essa oração no momento da crucificação, me intriga profundamente, por anos.

Lembro que ainda adolescente, sentados na sala, eu, minhas irmãs e meus pais, perguntei sobre isso ao meu pai, ele era pastor, amava a meditação bíblica, ele lia a bíblia todos os dias e eu, no auge do meu ego sabe-tudo adolescente, disse:” Como não sabiam o que faziam?!? Sabiam muito bem!!!

E, os anos se passaram, então começo a entender o quanto falamos e fazemos do que não sabemos…

Infelizmente!

E as consequências são graves e chegam mais dia, menos dia.

As palavras podem se tornar um grande laço na nossa vida.

As atitudes precipitadas nos trazem grandes prejuízos.

Por inveja, ignorância, fanatismo, entre outras coisas, mataram o filho de Deus.

Veja como é sério!!!

Portanto, que nossas palavras e ações sejam temperadas de sabedoria e direção de Deus, regadas de amor e temor a Deus.

Fique na paz do Senhor Jesus!

l Samuel: Cap.:1/ vers.: 14

Esse versículo faz parte de um texto muito conhecido, onde o sacerdote Eli, repreende a Ana, enquanto ela orava no templo.

E hoje vamos refletir sobre isso.

Eli, sacerdote na casa de Deus, escolhido por Deus para, junto com a sua casa, exercer o ministério.

Entrava no Santo dos Santos, porém, estava completamente cego espiritualmente, ao ponto de não discernir, um clamor de uma embriaguez.

Aqui, temos dois pontos de reflexão:

1) O perigo de nos tornamos religiosos:

O tempo passa e deixamos que a comunhão com Deus vá se esfriando, vamos nos tornando frequentadores de cultos e fazendo as atividades ministeriais automaticamente.

Sem gratidão a Deus por estar na igreja, por desfrutar da preciosa presença dele, sem temor a Deus, sem amor ao próximo.

2) A pressa em julgar:

Se não estamos em Espírito, estamos na carne, não tem meio termo!

Não tem estado espiritual mais perigoso!!!

Um crente carnal é porta aberta do inferno na igreja, misericórdia.

Olha para o próximo e julga apenas o que vê, sem saber, que o que está visível, esconde: lutas, amarguras, mágoas, dores, que só o senhor Jesus conhece.

Então, como se não bastasse, ainda vai lá, ferir o seu irmão, já tão profundamente abalado pelas adversidades.

Não foi isso que fez Eli?

Foi lá e disse: Para de encher a cara de vinho!

Irmãos, sejamos sensíveis, verdadeiros vasos do Espírito Santo, na igreja.

Para acolher, orar junto, ajudar aos irmãos, em suas aflições.

Vamos guardar a comunhão diária com Deus, para que não sejamos carnais, mas, espirituais.

Que Deus possa abençoar você, poderosamente 🙏

Certa vez, uma amiga minha, estava vivendo o difícil momento da enfermidade em alguém a quem ela amava.

E, na angústia me disse assim:” Deus já tem tudo determinado, então, de que adianta orar? Deus vai fazer o que Ele quer mesmo.

Muito me afligi diante dessa afirmação!

Sim, Deus é soberano e tem autoridade para agir conforme sua vontade, mas o senhor Jesus, nos deu o recurso da oração, em seu nome , ao Pai.

Então, encontrei nessa passagem de Ezequias, uma circunstância já determinada por Deus, que veio a ser mudada, mediante a oração.

E encontro refrigério!

Deus pode sim mudar algo, atendendo a oração!

Então, não desista de orar, com temor e humildade diante do Deus de Israel, poderoso para fazer, segundo a sua vontade! Aleluia!

Está triste, ore!

Está enfermo, ore!

Está a beira da morte, ore!

Seja qual for o problema, ore!

E que, assim como Ezequias, você possa alcançar graça, diante de Deus, para que sua oração seja ouvida🙏

A paz do Senhor, a todos😊

Como é reconfortante a mensagem contida nesse versículo!

Trás paz!

Interessante que se Deus está nos orientando a se aquietar, certamente é porque estamos agitados, ansiosos e aflitos, sob as adversidades da vida.

E põe adversidades nisso!!!

Só a graça de Cristo para nos sustentar.

E sustenta!

Aquietai-vos..

Essa é a palavra de ordem, da parte de Deus, hoje.