Hoje vamos refletir sobre a nossa postura diante se Deus.

Essa passagem bíblica se refere ao que João falou aos fariseus e saduceus que iam ao deserto onde ele batizava.

E, não por estar arrependidos e sim para observar e secretamente, condenavam em seus corações.

Em sua arrogância, achavam que ser “filho de Abraão” era o suficiente para que fossem especiais diante de Deus, entretanto, foram chamados de “raça de víboras” pelo homem de Deus.

Ir a igreja, cumprir compromissos, ter cartão de membro, ser dizimista fiel ou seguir uso e costume, por si só, não é suficiente para que sejamos filhos de Deus.

É necessário produzir frutos de arrependimento!

Mudança íntima e sincera diante de Deus!

É o ir e não pecar mais!

O coração que serve a Deus, serve ao seu próximo.

O coração que ama a Deus, ama ao seu próximo.

O coração perdoado por Deus, perdoa ao seu próximo.

Qual o fruto que produzimos no decorrer desse ano?

O Espírito Santo nos convida a produzir a partir de hoje, frutos de arrependimento.

Publicado por edelaineduarte

O propósito desse site é anunciar a mensagem de salvação, em Jesus Cristo, por sua morte na cruz.

2 comentários em “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: